36º Jantar de Aniversário da ARCA marcado pelas memórias do incêndio de outubro de 2017 

06.11.2018 |

 

As atividades do 36º aniversário da ARCA – Associação Recreativa e Cultural de Alvarim, em Dardavaz, Tondela, culminaram no passado sábado, dia 3 de novembro, com o tradicional Jantar de Aniversário que contou com animação musical pelo grupo “Mimo’s Dance”.

Fernando Esteves, o presidente da direção da ARCA, destacou, no seu discurso, a importância nos dias de hoje das associações locais, reconhecendo, por outro lado, que a ARCA necessita de “mais e melhores infraestruturas”. O dirigente aproveitou ainda para lembrar a função importante do TEIA – Teatro Experimental de Alvarim, já com 19 anos de existência.

Fernando Esteves agradeceu ao Município de Tondela todo o “esforço financeiro” para a melhoria das condições de segurança nas diferentes associações do concelho mas procurou sensibilizar a autarquia para uma “maior eficácia e justiça” na atribuição desses apoios.

A presidente da Junta de Freguesia de Dardavaz afirmou que “as associações e o movimento associativo geral são o núcleo fundamental da sociedade civil, que permite a promoção da cidadania, da partilha e do desenvolvimento local”, lembrando o papel importante da ARCA na comunidade, em especial aquando o trágico incêndio de outubro de 2017. A freguesia de Dardavaz foi das mais atingidas pelas chamas de 15 de outubro do ano passado.

Ana Maria Leão lembrou que durante esta semana está a decorrer o processo de candidatura para os apoios à reconstrução de habitações não permanentes.

Também o autarca de Tondela referiu, no seu discurso, que Alvarim foi das povoações mais afetadas pelo trágico incêndio de 15 de outubro de 2017, acrescentando que são 12 as casas em reconstrução total neste momento.

José António de Jesus recordou que para facilitar as candidaturas de emigrantes, é dada a possibilidade de qualquer familiar direto instruir o processo em nome da pessoa, mesmo que esta ainda não tenha regularizado a titularidade do bem. O único impedimento forte é “a inexistência de um contrato de energia elétrica durante o ano de 2017”, sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Tondela.

Este ano, a ARCA, promoveu, desde o dia 6 de outubro, diversas atividades como peddypaper, caminhada, sardinhada, magusto, teatro, café concerto, chuva de estrelas, desfile de moda, exposições, atuação de rancho folclórico e etnográfico e de grupo de cantares, assim como jogos tradicionais, tuna académica de Viseu e Fado de Coimbra. Esta notícia terá o seu desenvolvimento alargado nos próximos blocos informativos da Emissora das Beiras.