Assembleia de Freguesia de Molelos suspensa

25.10.2016 |

A Assembleia de Freguesia de Molelos (Tondela) foi suspensa esta noite por o presidente da mesa, Horácio Rodrigues, eleito pelo PSD, considerar não estarem reunidas as condições para iniciar os trabalhos.

No início da Assembleia, marcada para esta terça à noite, Luís Figueiredo, membro eleito pelo PS e director do Jornal Augaciar, informou os presentes que iria proceder à gravação (filmagem) da Assembleia de Freguesia, como de resto tem sido o seu procedimento em sessões anteriores.

Por seu lado, o presidente da mesa pediu que lhe mostrasse o cartão de jornalista ou equiparado, tendo Luís Figueiredo apresentado o seu cartão, devidamente regularizado.

A partir daí, Luís Figueiredo foi questionado se se encontrava na Assembleia como membro desta ou como jornalista, tendo Horácio Rodrigues realçado que não podia ali, naquele local, estar na dupla função. A esta questão, o eleito do PS não respondeu, apenas perguntou à Assembleia se algum dos presentes tinha alguma sentença ou ordem judicial que o impedisse de fazer a respectiva gravação, pelo que lhe foi dito que não.

A partir daí, o presidente da mesa decidiu suspender a sessão mas desta vez, sem chamar a GNR.

Entretanto, à Emissora das Beiras, Luís Figueiredo, considerou que é um direito do presidente da mesa, suspender as sessões da Assembleia sempre que o entender.

Lembramos que Luís Figueiredo já foi detido duas vezes em sessões públicas da Assembleia de Freguesia de Molelos, após ter pretendido filmar as reuniões para depois reproduzir as imagens no jornal Augaciar (publicação trimestral gratuita da Casa do Povo de Molelos), tendo sido igualmente condenado duas vezes pelo Tribunal de Tondela. A primeira detenção aconteceu a 29 de Dezembro de 2015.

assembleia-de-freguesia-de-molelos-novamente-suspensa