Baleia Azul chega a Viseu

10.05.2017 |

A PSP de Viseu confirmou que tem em curso uma investigação relacionada com o jogo “Baleia Azul”, depois de uma jovem de 14 anos ter feito cortes superficiais, com uma lâmina, na zona do pescoço.

De acordo com o comandante da PSP de Viseu, Víctor Rodrigues, a mãe da adolescente, denunciou a situação na segunda-feira, descrevendo procedimentos que “terão sido iguais aos que têm sucedido em outros casos, com ameaças à jovem e a família”.

“Depois de tanta notícia na comunicação social, a jovem decidiu pesquisar no ‘Google’ sobre o jogo ‘Baleia Azul’, acabando por ser contactada por um indivíduo, que se supõe que seja brasileiro, e que insistiu para que participasse no jogo”, descreveu.

Victor Rodrigues informou que a adolescente de 14 anos “fez os cortes superficiais na zona do pescoço com uma lâmina”, numa altura em que se encontrava na escola.

“A escola, ao aperceber-se da situação, alertou a mãe. A jovem recebeu tratamento no Hospital de Viseu, teve alta e acabou por dirigir-se, com a mãe, à PSP de Viseu para apresentar queixa”, informou.

Este é o primeiro caso conhecido na zona de intervenção da PSP de Viseu.

De acordo com fonte oficial da GNR de Viseu, também “uma pessoa adulta”, do concelho de Mangualde, apresentou queixa no último sábado a propósito do jogo “Baleia Azul”.

“Deu-nos conhecimento de que fez a primeira etapa do jogo, por curiosidade, mas depois não queria continuar e foi ameaçada”, explicou.

O jogo “Baleia Azul” terá começado numa rede social da Rússia, onde suicídios de mais de uma centena de jovens podem estar relacionados. Também já foi associado a casos de suicídio de jovens no Brasil.

O Ministério Público tem em curso três inquéritos, nas comarcas de Setúbal, Portalegre e Faro, relacionados com o jogo na Internet “Baleia Azul”, que estimula a automutilação e o suicídio.