Capitão Luís Riquito apresentou livro “Tatuagens da Guerra da Guiné” em Tondela

29.05.2018 |

“Tatuagens da Guerra da Guiné” é o nome do livro da autoria do capitão Luís Riquito, apresentado no passado sábado, no Auditório Municipal de Tondela.

A apresentação do livro contou com as presenças do autor e de Fernando Luís dos Santos, Henrique Monteiro, Manuel S. Fonseca, para além do presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, que aproveitou a ocasião para destacar a importância histórica da obra e da investigação que foi levada a cabo.

“Tatuagens da Guerra da Guiné” é um livro onde o capitão Luís Riquito relata episódios vividos em 1965 e 1966, pela Companhia de Caçadores n.º 816, que comandou, na Guiné, na região do Oio: em Bissorã, no Olossato e em Mansoa.

Luís F. G. Riquito nasceu em Parada de Gonta, no concelho de Tondela.

Em 1957, ingressou na Escola do Exército, onde se formou no Curso de Infantaria.

Mobilizado para o Ultramar, cumpriu comissões em Timor, Guiné e Moçambique, onde montou e comandou a segurança da construção da barragem de Cabora Bassa.

De 1985 a 1992 foi sucessivamente presidente da Câmara e da Assembleia Municipal de Tondela.