CIM Viseu Dão Lafões contesta encerramento de CTT de Oliveira de Frades

15.12.2018 |

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões anunciou ontem ter aprovado uma moção a exigir à administração dos CTT que mantenha o local e as valências de atendimento da estação da vila de Oliveira de Frades.

A moção foi aprovada, por unanimidade, na última reunião da Assembleia Intermunicipal da CIM Viseu Dão Lafões e contesta o possível encerramento daquela estação do distrito de Viseu.

O documento refere que o fecho é uma atitude “descabida, imerecida e injusta, uma vez que desconsidera e agrava a qualidade de vida e o desenvolvimento do concelho, que conta com dez mil habitantes e duas zonas industriais em expansão”.

Esta decisão priva os munícipes “de um serviço público importante e essencial, como é o serviço postal universal, além de contribuir decisivamente para a desertificação e isolamento do interior”, acrescenta.

A moção lembra que “não existem alternativas que garantam a prestação completa dos serviços atualmente prestados, nomeadamente ao grupo da população mais idosa e vulnerável”.

Nesse âmbito, é exigida à administração dos CTT “a reversão imediata desta intenção e a consequente manutenção da estação” dos CTT.