Detida mulher suspeita de atear fogo florestal em Lamego

22.06.2017|

Uma mulher de 52 anos de idade foi detida por estar “fortemente indiciada” pelo crime de incêndio florestal em Lamego, distrito de Viseu, no passado domingo, dia 18, anunciou hoje a Polícia Judiciária.

A detida é “suspeita de ter ateado um incêndio em área florestal, sita na Serra das Meadas, em Lamego”, lê-se num comunicado de imprensa enviado hoje à comunicação social, informando que o incêndio foi registado no “dia 18 de junho de 2017, cerca das 11:45”, colocando em perigo uma “vasta mancha florestal e habitações” e que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos meios de combate, designadamente dos bombeiros.

A detida ainda vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

A Polícia Judiciária identificou e deteve 20 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal ao longo deste ano de 2017.