GIPS resgata vítimas no Gerês

30.07.2018 |

 O Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS), através de uma Equipa de Busca e Resgate em Montanha, resgatou, no passado sábado, dia 28 de julho, duas mulheres, com 22 e 38 anos de idade, vítimas de queda em cascatas, no Parque Nacional de Peneda-Gerês.  

O Comando Distrital de Operações e Socorro de Braga, deu conhecimento á GNR, da existência de uma vítima, a qual teria sofrido uma queda, de cerca de 10 metros de altura, numa cascata de difícil acesso.

Uma equipa do GIPS, que se encontrava a efetuar patrulhamento preventivo ao Parque Nacional, deslocou-se de imediato ao local, tendo prestado os primeiros socorros à vítima e respetiva estabilização. A vítima apresentava ferimentos graves, suspeitando-se de múltiplas fraturas, nomeadamente de um traumatismo craniano.

Dado o local ser de difícil acesso, foi montado um sistema de cordas para se extrair a vítima através de uma maca, garantindo um resgate maís célere e seguro. A vítima foi evacuada num helicóptero do INEM para o Hospital de Braga.

De seguida, a mesma equipa do GIPS, foi acionada para o resgate de uma vítima mortal, de 38 anos, também devido a uma queda numa cascata, a qual se encontrava num local sinuoso e de difícil acessibilidade.       

As operações de resgate contaram ainda com o empenhamento do Posto Territorial do Gerês, dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, Cruz Vermelha e INEM de Braga.