Governo e autarquia elogiam em Lamego missão da proteção civil

05.03.2018 |

O Presidente da Câmara Municipal de Lamego enalteceu o “papel fundamental” da Proteção Civil, a nível municipal, na interação entre a gestão autárquica, as populações e as unidades operacionais no terreno. 

O elogio à Proteção Civil e aos seus operacionais foi feito perante a presença do secretário de Estado da Proteção Civil no início das comemorações do Dia Internacional da Proteção Civil que decorreram a 2 e 3 de março na cidade de Lamego.

Como “bom exemplo” desta intervenção direta e de coordenação, o autarca recordou a recente “prova de fogo” da Proteção Civil que fez face à “situação grave” provocada pela intempérie que levou ao corte de estradas, ao isolamento de populações e à suspensão do fornecimento de energia elétrica no concelho. 
Em representação do Governo e a poucas semanas de terminar a época de inverno, Artur Tavares Neves aproveitou a deslocação a Lamego para alertar de novo os proprietários para a necessidade de proceder à limpeza dos terrenos florestais, no âmbito da prevenção dos incêndios, além de garantir que a Proteção Civil está cada vez mais preparada para as catástrofes que possam surgir em todo o território.
O arranque das comemorações do Dia Internacional da Proteção Civil ocorreu com a inauguração do novo Centro de Coordenação Operacional Municipal (CCOM), que funcionará junto ao Centro Multiusos, uma infraestrutura de apoio à decisão e à intervenção em operações de socorro e prevenção, apoiando a atuação de todos os envolvidos.

Aberto à participação das escolas e do público em geral, esta efeméride constituiu um momento de reflexão crítica e de trabalho. O programa de atividades incluiu a realização de exposição de meios, demonstrações de áreas técnicas, a conferência “Os novos desafios das comunidades e da proteção civil” e uma reunião alargada do Centro de Coordenação Operacional Distrital.