José António de Jesus quer manter Tondela líder na região

31.07.2017 |

“União, coesão, força e determinação”, são as palavras de ordem da recandidatura do social-democrata José António de Jesus à presidência da Câmara Municipal de Tondela.
O autarca vai recandidatar-se a um segundo mandato, pelo PSD, depois de quatro anos em que considera ter conseguido várias conquistas para o concelho, no distrito de Viseu.
“Sou candidato para fortalecer os destinos colectivos do nosso território, para servir o nosso concelho, para dar força aos nossos sonhos e ambições, para continuar a manter a liderança da nossa região, para potenciar a qualidade de vida das nossas freguesias, das nossas vilas e da nossa cidade; sou candidato porque sinto que esse é o desejo do nosso concelho e porque sinto o vosso apoio”, disse, este domingo, José António de Jesus, durante a apresentação da sua candidatura, que contou com a presença do presidente do PSD, Pedro Passos Coelho.
Caso seja reeleito, José António de Jesus tem como objectivos a renegociação dos fundos comunitários do Portugal 2020, o que deverá acontecer já no próximo ano, a valorização do território e uma forte aposta nas políticas sociais, entre outros.
O actual presidente da Câmara Municipal de Tondela não deixou de salientar, durante o seu discurso, a atracção de novas empresas para o concelho, aspecto que reconhece ter marcado o seu mandato e que irá ser reforçado, caso seja eleito.
Revitalizar aldeias, largos e praças, requalificar a frente ribeirinha do rio Dinha e criar um centro tecnológico, são outras das apostas para os próximos quatro anos, para além de uma nova e fundamental ligação rodoviária, entre a Zona Industrial do Lajedo e a Escola Secundária de Molelos, com acesso directo ao IP3.
Na “corrida” autárquica de Tondela estão também o empresário Joaquim Santos pelo PS, o professor universitário António Dinis pelo CDS/PP e o enfermeiro Manuel Veiga, pela CDU.
Nas autárquicas de 2013, o PSD foi o vencedor, conseguindo cinco mandatos (53,48% dos votos) e elegendo como presidente da Câmara José António Jesus.
O PS, com 25,69% dos votos, conquistou dois mandatos. O CDS-PP obteve 9,64% dos votos.
As eleições autárquicas realizam-se a 01 de Outubro.