Câmara de Tondela anuncia investimento de 95 milhões de euros por parte de 12 empresas

20.09.2020 |

O presidente da Câmara Municipal de Tondela anunciou que 12 empresas sediadas no concelho estão a concretizar investimentos superiores a 95 milhões de euros que criarão cerca de 500 postos de trabalho.

António Pereira & Sousa Lda, Bermarthor, Brose, Crizaves, Generg, Gialmar, Grupo MG, Labesfal, Nutrinova, Circlemolecule, Triple Watt e Interecycling são as 12 empresas em causa.

O autarca José António Jesus destacou que estes investimentos “ou já estão em curso ou, no limite, serão iniciados até ao arranque do próximo ano” e pertencem a empresas dos setores de distribuição de produtos alimentares, agrícola e florestal, de acessibilidades rodoviárias, abate e comercialização de aves e outros animais, transformação de produtos de pesca, construção, energias renováveis, reciclagens e farmacêutica.

Numa cerimónia que contou com a presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e perante os empresários que estão a ampliar as suas áreas de negócio já sediadas em Tondela, o presidente da câmara enumerou os investimentos que já foram feitos e os que estão a acontecer, como o do Centro Tecnológico e de Empreendedorismo.

 “A obra decorre em grande velocidade (de montante de custo bem superior a 3,2 milhões de euros) e que será articulado com uma residência para acolher quem se integre em projetos de investigação, mestrado ou doutoramento, num quadro de profunda interação entre o tecido empresarial e as instituições universitárias”, como a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Cidade de Coimbra, destacou.

José António Jesus defendeu que “este plano de novos investimentos, vem aumentar a diversificação das áreas de atividade económica, continuando a fortificar ‘clusters’ estruturais” e ainda “maior produtividade e maior volume de faturação a que corresponderá maior riqueza gerada e, consequentemente, maiores níveis de remuneração salarial”.

 “Ainda [tem] maior relevância, por este ciclo de investimentos ocorrer numa época de pandemia, com inevitáveis consequências na economia do país e do mundo. Mas ao mesmo tempo, é uma prova de resiliência, fomentando uma esperança inquebrável no nosso futuro, que nos leva a enaltecer a forte dimensão empreendedora destes empresários”, elogiou.

Por seu lado, a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, destacou Tondela como um bom exemplo de aplicação de fundos europeus, aludindo ao investimento que está a ser realizados nas zonas industriais.
“Já dificilmente consideramos que Tondela é interior, porque apostaram na inovação, postos de trabalho qualificado, o que é fundamental. Apostaram em bons salários e senhores empresários é essa a via da competitividade e do sucesso, fazendo com que sejam diferentes e criem valor no mercado, sustentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.