Câmara de Tondela aprova ajuda a Moçambique no valor de 10 mil euros

27.03.2019 |

O Município de Tondela aprovou, na reunião de Câmara desta terça-feira, dia 26 de março, a atribuição de um apoio no valor de 10 mil euros, para ajudar a fazer face à calamidade que se vive em Moçambique.

Este valor será entregue à Fundação Fernando Leite Couto (fundação presidida pelo escritor moçambicano Mia Couto), que em parceria com a Cruz Vermelha Internacional, está a ajudar na angariação de valores monetários para ajuda humanitária imediata em Moçambique.

A proposta do presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António Jesus, contou com os votos a favor de todos os vereadores presentes na reunião do executivo.

“Ninguém deve ser indiferente à calamidade que se viveu e vive em Moçambique, por várias razões. Em primeiro lugar pela afinidade cultural e ligações familiares que alguns possam ter, mas também pela catástrofe humanitária, tendo a solidariedade que ser manifestada em atos”, justificou.

No seu entender, este é um momento de emergência em Moçambique e este apoio deve ser feito o mais rapidamente possível, para acudir “aos milhares de vítimas que, se não tiverem apoio imediato, irá fazer disparar o número de mortos que já é impressionante”.

A região central de Moçambique foi afetada, nos dias 14 e 15 de março, pelo ciclone Idai que, com fortes chuvas e ventos de até 170 quilómetros por hora, provocou mais de quatro centenas de morto.

De acordo com as autoridades moçambicanas, há registo de que o ciclone Idai tenha afetado, de alguma forma, cerca de 800 mil pessoas.

Comments are closed.