Caminho Português Interior de Santiago já está certificado pelo Governo

25.10.2021 |

Cerca de 214 quilómetros de extensão compõem o Caminho Português Interior de Santiago, o qual acabou de receber a certificação de itinerário do Caminho de Santiago, através de uma portaria assinada pelo Governo, nas áreas do Turismo e do Património Cultural, no passado dia 19 de outubro.

Segundo a autarquia viseense, esta certificação resulta de uma candidatura liderada pela Federação Portuguesa do Caminho de Santiago, num trabalho conjunto com os vários Municípios que atravessam esta rota – e nos quais se inclui Viseu – e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Esta cooperação entre entidades ganhou forma num dossiê de certificação, que reúne vários estudos e pesquisas alusivas ao património material e imaterial, cultural e natural, deste traçado, que se encontra agora devidamente descrito e reconhecido, e o qual permitirá pôr em prática um plano concertado para a valorização, preservação e salvaguarda do mesmo.

No concelho de Viseu, o Caminho Português Interior de Santiago atravessa cerca de 40 quilómetros do território, maioritariamente em zonas rurais, mas também com passagens pelo núcleo urbano. Boa Aldeia, Farminhão e Torredeita, São Cipriano e Vil de Souto, Repeses e São Salvador, Viseu, Abraveses, Campo, Lordosa e Calde são as Freguesias abrangidas.

O Caminho Português Interior de Santiago – que atravessa os Municípios de Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves – é o segundo a receber certificação, tendo o primeiro sido o Caminho Português Central – Alentejo e Ribatejo. O objetivo deste processo, que teve início em 2019, é certificar os vários trajetos que compõem o Caminho de Santiago, de norte a sul do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.