Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões integra rede de mobilidade sustentável

30.11.2023 |

A Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões integrou uma rede europeia que está focada no desenvolvimento de soluções de mobilidade sustentável que corrijam o fosso entre zonas urbanas e rurais e na promoção da mudança para transportes ecológicos.

“Econnecting” é o nome da rede que reúne nove cidades e regiões, nomeadamente Viseu Dão Lafões (Portugal), Orihuela (Espanha), Ormož (Eslovénia), Nagykálló (Hungria), Dytiki Mani (Grécia), Tori Vallavalitus (Estónia), Ennis (Irlanda), Berane (Montenegro) e a Comunidade de Romagna Faentina (Itália), que é o parceiro líder.

Em comunicado divulgado, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões explicou que “estas cidades e regiões partilham diversas características comuns, incluindo a dimensão, a demografia, a estrutura geográfica e necessidades semelhantes, o que torna esta colaboração útil no sentido de promover mudanças positivas nas respetivas comunidades”.

Segundo a CIM, “a rede reconhece que certos segmentos da população, especificamente as mulheres e os idosos, são excluídos dos serviços de transporte devido à falta de literacia digital (lacuna digital) e de igualdade de oportunidades (lacuna de género)”.

Considerando o “fosso digital como uma barreira ao acesso aos transportes”, este projeto trabalhará no sentido de garantir que “todos, independentemente da idade ou do sexo, possam utilizar serviços de transporte modernos”.

“Além disso, a rede esforça-se por criar uma sociedade mais equitativa, abordando a questão do fosso entre os géneros nos transportes, garantindo que as mulheres tenham igual acesso e participação nos serviços de mobilidade”, sublinhou.

A CIM explicou que a “Econnecting” procura “enfrentar estes desafios através da promoção de uma abordagem holística que tenha em conta o bem-estar ambiental e social”.

“Os parceiros trabalharão em conjunto para conceber soluções de mobilidade inovadoras que abordem estas questões, proporcionando uma maior inclusão e garantindo que todos possam aceder e beneficiar de sistemas de transporte modernos”, realçou.

O projeto tem como objetivo final “criar comunidades mais ecológicas e com melhores ligações”, nas quais “a mobilidade seja eficiente, sustentável e acessível a todos”.

A CIM recordou que a intenção da “Econnecting” de reduzir a pegada de carbono dos transportes através da implementação de soluções de mobilidade ecológicas e sustentáveis está alinhada “com o compromisso europeu mais alargado de sustentabilidade ambiental e transição ecológica”.

A “Econnecting” está entre as trinta redes financiadas pelo URBACT IV, um programa europeu que visa impulsionar a mudança em toda a Europa através da promoção da cooperação e da troca de ideias entre cidades e regiões, no âmbito de redes temáticas, e pela partilha de conhecimentos e boas práticas urbanas de forma participativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.