Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões submeteu candidatura ao fundo extraordinário “Programação Cultural em Rede”

06.10.2020 |

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, no âmbito do PO Centro 2020, submeteu, ao fundo extraordinário “Programação Cultural em Rede”, a candidatura “Rede Cultural Viseu Dão Lafões”, num valor total de trezentos mil euros, que pretende dar continuidade ao ciclo programático que tem desenvolvido na área cultural e cuja atividade foi fortemente limitada no contexto da pandemia da COVID-19. 

Com esta candidatura, a CIM Viseu Dão Lafões visa articular em todo território, ao longo do ano de 2021, uma programação cultural que permita, não só, a valorização dos recursos patrimoniais e museológicos regionais, como também, apoiar os agentes culturais e turísticos locais, apostando numa agenda cultural diversificada aliada a uma estratégia de comunicação e promoção. 

Esta candidatura procura dar continuidade à rede cultural de cooperação intermunicipal que a CIM Viseu Dão Lafões tem vindo a fomentar, em parceria com os catorze municípios que a integram, e que tem permitido, não só, promover a itinerância de conteúdos artísticos, como tem contribuído para a estruturação de um produto cultural regional de características ímpares. 

Com forte aposta numa programação cultural suportada em iniciativas que envolvem tanto as comunidades como a rede de agentes culturais de toda a região, esta candidatura conta com a parceria artística de entidades culturais de inquestionável notoriedade do território Viseu Dão Lafões. 

Paralelamente, em articulação com os quatorze municípios do território, a CIM Viseu Dão Lafões concertou uma estratégia intermunicipal de apresentação de candidaturas conjuntas, no domínio da Programação Cultural em Rede. Neste contexto, foram apresentadas mais cinco candidaturas, com geometrias temáticas e territoriais variáveis, que totalizam mais um milhão e meio de euros em apoios. 

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “A CIM Viseu Dão Lafões desde cedo assumiu a cultura como um fator de atratividade e competitividade regional. Atendendo às dificuldades levantadas, no decurso da pandemia COVID-19, vimo-nos na contingência de rapidamente formular novas estratégias de atuação de modo a dar resposta às necessidades dos agentes culturais, das populações e operadores turísticos, foi nesta ótica que a CIM avançou com a candidatura Rede Cultural Viseu Dão Lafões”.

Acrescentou, ainda, que “Não obstante a apresentação desta candidatura, a CIM concertou uma estratégia intermunicipal que permitiu, através da agregação de municípios, a apresentação de múltiplas candidaturas, com diversas geometrias temáticas, reforçando a oferta e a complementaridade de eventos. Este é o mais forte indicador do empenho que a CIM coloca na efervescência da oferta cultural a nível regional, com reflexos diretos na dinamização turística e económica do território”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.