Comunidade Viseu Dão Lafões lança portal de partilha de informação

14.02.2022 |

Está disponível desde hoje um portal de dados abertos da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, que partilha informação dos seus 14 municípios associados, desde hotelaria e restauração a equipamentos desportivos e sociais.

“Esta infraestrutura, dedicada a dados espaciais para a Região de Viseu Dão Lafões, é uma plataforma de partilha e gestão de informação em rede, com a capacidade de agregar e tratar todo o tipo de informação num único canal”, esclarece um comunicado da CIM Viseu Dão Lafões.

Segundo a nota de imprensa, o Portal dos Dados Abertos “assume-se enquanto solução capaz de responder de forma eficiente a várias necessidades, eliminando também redundâncias”, tendo em conta a dispersão de informação presente na região.

“Assim, neste portal, cidadãos, empresas, investigadores e programadores, podem encontrar um variado conjunto de dados agrupados em categorias como, entre outras, hotelaria, rede educativa, equipamentos desportivos, atividades económicas e social”, pormenoriza.  

Este novo portal “faz uso das novas tecnologias de informação e comunicação e vem alavancar a partilha e geração de conhecimento para promover uma melhor administração do território e gestão de infraestruturas”, defende o secretário executivo da CIM.

“A capacidade que a tecnologia nos oferece de reunir vastas quantidades de dados lança o desafio a que a CIM, ao longo dos anos, tem vindo a dar resposta, de sermos capazes de desenvolver as competências e ferramentas necessárias para promover a sua conversão em informação válida para o processo de tomada de decisão, para a criação de novas ofertas e serviços e, ainda, para promover uma cidadania mais ativa e participada”, explica Nuno Martinho.

A CIM refere que este portal “é livre e gratuito de partilha de dados produzidos pelos municípios da região Viseu Dão Lafões e entidades parceiras, com a função de agregar, referenciar e alojar dados abertos de diferentes organismos e setores da administração pública, constituindo-se como o catálogo central de ‘open data’ na região. 

“Além de funcionar enquanto serviço de alojamento e publicação de dados, esta ferramenta tem por objetivo potenciar a participação dos cidadãos, incentivar a reutilização e partilha dos dados, estimular o empreendedorismo e a inovação”, acrescenta a nota.

Isto, enquanto “possibilita o desenvolvimento de novos fluxos de trabalho, bem como, a criação de redes de utilizadores técnicos com objetivos comuns, os quais beneficiarão da partilha de conhecimento e informação”.

“Esta partilha de informação poderá ser feita por qualquer entidade ou indivíduo, bastando para isso que contacte a CIM Viseu Dão Lafões, descrevendo o âmbito da informação e tipo de dados que pretende partilhar”, informa.

O projeto pode ser visto em dadosabertos.cimvdl.pt e foi desenvolvido no âmbito da candidatura “Modernização Administrativa na Região Viseu Dão Lafões – Um modelo, catorze municípios”, financiado pelo programa operacional Centro2020 com um valor superior a 2,7 milhões de euros.

Integram a CIM Viseu Dão Lafões os concelhos de Aguiar da Beira (distrito da Guarda), Carregal do Sal, Castro Daire, Mangualde, Nelas, Oliveira de Frades, Penalva do Castelo, São Pedro do Sul, Santa Comba Dão, Sátão, Tondela, Vila Nova de Paiva, Viseu e Vouzela (distrito de Viseu).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.