COVID-19: Centro de vacinação deslocalizado de Seia para São Romão

26.03.2021 |

O Centro de Vacinação COVID-19 do concelho de Seia, no distrito da Guarda, que até aqui se encontrava instalada no Pavilhão do Complexo Desportivo Municipal nº2 (em Seia), encontra-se agora a funcionar, no Gimnodesportivo Municipal Padre Martinho, em São Romão, com o objetivo de duplicar a capacidade de reposta face ao previsível aumento do número de vacinas.

A infraestrutura, montada pela Câmara Municipal de Seia, em parceria com a autoridade pública de saúde, passa agora a dispor de mais postos de vacinação (8), gabinetes de apoio (4), um gabinete duplo de preparação de vacinas e de mais áreas para recobro e acolhimento.

Desenhado para poder funcionar de forma modular, usando parte da sua capacidade ou a totalidade, o centro de vacinação conta com duas secções, uma com capacidade para 50 pessoas, 10 no espaço pré-vacinação e 40 no espaço pós-vacinação, e uma outra com capacidade para 60 pessoas, 18 no na área de pré-vacinação e 42 no espaço pós-vacinação, totalizando neste novo centro 28 lugares no espaço pré-vacinação e 82 lugares no espaço pós-vacinação.

Na anterior localização, o centro de vacinação contava com 5 postos de vacinação, 2 gabinetes de apoio, 1 espaço de preparação de vacinas, e uma capacidade para 35 pessoas, 8 no espaço pré-vacinação e 27 no espaço pós-vacinação, tendo sido possível entre 17 de fevereiro e 20 de março vacinar cerca de 1500 pessoas.

Segundo a autarquia, a alteração do local do centro, de Seia para São Romão, permitirá ampliar a resposta e a capacidade operacional daquela estrutura, permitindo, por outro lado, o descongestionamento de toda aquela zona escolar e o regresso à normalidade das atividades letivas, particularmente as atividades físicas dos alunos do Agrupamento de Escolas Guilherme Correia de Carvalho.

Apesar da alteração de local, o Município de Seia, em colaboração com as Juntas e Uniões de Freguesias do concelho, garante que irá continuará a assegurar os transportes dos munícipes que não disponham de transporte próprio, assim como o funcionamento do Callcenter, através do qual é feito o contacto e mobilização de cidadãos para o processo de vacinação, tendo por base as listas produzidas e disponibilizadas pela autoridade local de saúde.

A receção, encaminhamento e apoio ao longo do processo de vacinação continuará a ser realizado pelos serviços da autarquia, sob orientação da Proteção Civil Municipal, que acaba de lançar um sistema de chamada remota para os cidadãos com necessidade de apoio especial.

2 Responses to “COVID-19: Centro de vacinação deslocalizado de Seia para São Romão

  • Anónimo
    7 meses ago

    Será vque o posto de vacinação covid não têm um número de telefone para atendimento ao público…

  • Emissora das Beiras
    7 meses ago

    Bom dia. Não dispomos dessa informação mas pdoerá sempre contactar a Câmara Municipal de Seia. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.