Covid-19: GNR chamada a aldeia de Mangualde por causa de missa

22.03.2020 |

A GNR foi hoje chamada a uma aldeia de Mangualde por ter sido celebrada uma missa durante a manhã e alertou o padre para suspender as celebrações face à pandemia da covid-19, informou o Comando Territorial de Viseu.

A notícia foi avançada pelo Jornal do Centro e confirmada à agência Lusa por fonte do Comando Territorial de Viseu da GNR, que referiu que uma patrulha foi chamada à aldeia de Santiago de Carrusães, onde decorreu uma missa durante a manhã.

“Considerando o Estado de Emergência e as suas medidas, estamos mais com uma intervenção pedagógica junto das pessoas. Sensibilizámos o padre e as pessoas presentes e a comemoração que estava prevista para a tarde já não aconteceu”, afirmou à Lusa fonte da GNR de Viseu.

De acordo com a mesma fonte, quando a patrulha chegou, a missa já tinha terminado.

Segundo o Jornal do Centro, a missa contou com a participação de oito pessoas.

Em 13 de março, antes de decretado o Estado de Emergência, a Conferência Episcopal Portuguesa tinha decidido suspender as missas, catequeses e outros atos de culto até que esteja superada a atual situação de pandemia.

Portugal encontra-se em estado de emergência por causa da pandemia da covid-19 desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril.

Em Portugal, há 14 mortes e 1.600 infeções confirmadas e, de acordo com os dados da Direção Geral da Saúde, há mais 320 casos confirmados de infeção do que no sábado.