Covid-19: Pinhel e Meda sem aulas presenciais nas próximas duas semanas

04.01.2021 |

O presidente da Câmara de Pinhel, no distrito de Guarda, disse que as aulas no concelho não vão ser presenciais nas duas próximas semanas por causa da situação epidemiológica.

O concelho regista 129 casos na comunidade, mais 48 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Pinhel, que foi atingido por um surto.

“Dos utentes positivos, quatro [todos mulheres] encontram-se internados no Hospital Sousa Martins [Guarda], uma delas em estado muito grave na Unidade de Cuidados Intensivos”, adiantou o provedor Luís Videira Poço, salientando que ainda não se registaram vítimas mortais na instituição.

Também o Agrupamento de Escolas de Mêda, igualmente no distrito da Guarda, anunciou que, nas próximas duas semanas, as aulas do segundo período letivo não serão presenciais devido “à atual situação epidemiológica” da covid-19 no concelho.

Numa informação divulgada nas redes sociais, o presidente do Agrupamento, Luís Filipe Lopes, salienta que se trata de uma “medida preventiva e de mitigação”.

A Santa Casa da Misericórdia da Mêda anunciou entretanto que morreram duas pessoas na sequência de um surto de covid-19 num dos três lares da instituição.

O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia foi renovado até 07 de janeiro, com recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Foto: beira.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.