Dia Internacional da Saúde Mental: projeto do Hospital de Viseu acompanhou mais de 200 utentes

10.10.2022 |

Em pouco mais de um ano e meio, o projeto-piloto de saúde mental do Centro Hospitalar de Tondela-Viseu (CHTV) acompanhou cerca de 230 utentes com perturbações mentais com necessidade de manejo especializado. Este balanço surge numa altura em que se assinala o Dia Internacional da Saúde Mental, hoje, a 10 de outubro.

O projeto é desenvolvido pela Equipa Comunitária de Saúde Mental Dão-Lafões (ECSM-DL) do CHTV e tem como objetivo responder às necessidades dos cidadãos em termos de saúde mental, melhorando o acesso e reforçando as respostas, prestando cuidados psiquiátricos a utentes e famílias numa perspetiva de proximidade.

De acordo com Hugo Afonso, médico psiquiatra e coordenador do projeto, “temos conseguido uma maior proximidade e rapidez das respostas de saúde mental, além disso, sabemos que a articulação com os vários agentes sociais e as famílias é mais eficiente. O nosso trabalho passa também pela redução do estigma e preconceito associado à doença mental, e do número de internamentos e de idas ao serviço de urgência”.

A equipa é composta por uma assistente social, dois enfermeiros, um médico psiquiatra, um psicólogo e uma terapeuta ocupacional. Entre outras valências, os profissionais de saúde prestam apoio na gestão e organização de medicação, terapia ocupacional, reabilitação cognitiva, treino de competências sociais e intervenções psicoterapêuticas.

Através deste projeto é possível proporcionar um melhor tratamento destes doentes e permitir a sua reabilitação e reinserção social. Esta equipa desloca-se ao Centro de Saúde de Castro Daire e presta apoio aos utentes mais isolados e com poucos acessos a tratamentos de saúde mental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.