Inaugurada exposição “30 anos de Arte em papel”

10.04.2019 |

O Museu Terras de Besteiros viu inaugurada, na manhã desta quarta-feira, dia 10 de abril, a exposição temporária “30 anos de Arte em Papel”, da autoria de utentes da ASSOL – Associação de Solidariedade Social de Lafões.

A cerimónia de inauguração contou com a presença dos vereadores da Câmara Municipal de Tondela, Miguel Torres e Sofia Ferreira; do diretor da ASSOL, Mário Pereira; e do diretor do Centro de Emprego Dão Lafões; Gonçalo Ginestal.

O vereador da Câmara Municipal de Tondela, Miguel Torres, considerou que se trata de uma mostra de “um trabalho extraordinário”. “Dá-nos um enorme prazer que esteja em Tondela até ao final de junho. A ASSOL desenvolve um trabalho de dedicação incrível”, acrescentou.

Já a vereadora Sofia Ferreira destacou a capacidade de trabalho da ASSOL. Sobre a exposição, referiu que estes objetos são pensados mediante a escolha de um tema anual, que é trabalhado em conjunto, permitindo chegar a estes resultados.

Na sua intervenção, o diretor da ASSOL, Mário Pereira, explicou que “estes trabalhos patentes na exposição foram feitos ao longo de anos, com técnica de pasta de papel, uma técnica que utilizam muito pois“permite que muita gente vá trabalhando nestas peças, que demoram muito tempo a fazer”.

Esta exposição estará patente no Museu Terras de Besteiros, em Tondela, até dia 29 de junho.

Os objetos que compõem esta exposição foram construídos por cidadãos portadores de deficiência ou doença psiquiátrica crónica e incapacitante no Centro de Atividades Ocupacionais e no Fórum Sócio Ocupacional da ASSOL, em Oliveira de Frades, utilizando a técnica de pasta de papel.

Esta notícia terá o seu desenvolvimento alargado nos próximos blocos informativos da Emissora das Beiras.