João Azevedo (PS) retoma funções de presidente da Câmara de Mangualde até tomar posse

08.10.2019 |

O socialista João Azevedo disse hoje à Emissora das Beiras que vai voltar a assumir o cargo de presidente da Câmara de Mangualde, ao qual só renunciará quando tomar posse como deputado da Assembleia da República.

João Azevedo suspendeu as funções de presidente da Câmara em 22 de agosto, para ser cabeça-de-lista do PS pelo círculo eleitoral de Viseu, e foi um dos quatro eleitos deste partido nas legislativas de domingo.

O autarca, de 44 anos, lembrou que tem cargos em vários organismos, de que são exemplo o Conselho Regional do Centro, a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões e a Associação de Desenvolvimento do Dão, e que não pode sair “de um momento para o outro” sem passar esses dossiês.

PSD e PS conseguiram no domingo eleger quatro deputados cada no distrito de Viseu, enquanto o CDS-PP perdeu o seu representante, ao ser a quarta força política mais votada neste círculo eleitoral.

O PSD venceu as eleições no distrito, com 36,26% dos votos, mas seguido de perto pelo PS, com 35,35% dos votos, o que levou à conquista do mesmo número de deputados.

Em 2015, a coligação Portugal à Frente tinha obtido 51,05% dos votos (seis deputados) e o PS 29,65% (três deputados).

Depois das eleições de domingo, o círculo eleitoral de Viseu passará a ser representado por Fernando Ruas, Pedro Alves, Carla Antunes Borges e José Lima Costa, do PSD, e por João Azevedo, Lúcia Araújo Silva, João Paulo Rebelo e José Rui Cruz, do PS.

Comparando com o número de eleitores das últimas legislativas, realizadas em 04 de outubro de 2015, Viseu perdeu perto de 24 mil eleitores, o que levou à redução de nove para oito mandatos de deputado.

Esta notícia terá o seu desenvolvimento alargado nos próximos blocos informativos da Emissora das Beiras.

Foto: jornaldocentro.pt