Município de Seia planta cinco mil medronheiros na Mata do Desterro

06.02.2020 |

O município de Seia vai plantar cinco mil medronheiros na área protegida da Mata do Desterro, na Serra da Estrela, que foi afetada pelos incêndios de 15 de outubro de 2017.

A ação de plantação, agendada para o dia 16, está integrada no projeto de recuperação florestal de uma área ardida de cerca de cinco hectares da Mata do Desterro.

Segundo a autarquia, naquele dia serão plantados cinco mil medronheiros, espécies que foram adquiridas pela EDP Distribuição – Energia, S.A, no âmbito do concurso “Preservar a Natureza”.

A Mata do Desterro é propriedade da EDP, mas é gerida pela Câmara Municipal de Seia desde 2007, através do regime de comodato, tendo em vista o aproveitamento dos recursos existentes no local para o desenvolvimento de atividades de investigação, educação ambiental, turismo e lazer.

De acordo com um comunicado da autarquia de Seia, a Mata do Desterro possui uma área com cerca de 136 hectares, em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, que é ocupada essencialmente com pinheiros bravos.

Tal como aconteceu com outras iniciativas desenvolvidas no mesmo âmbito, a ação de reflorestação promovida pela Câmara Municipal de Seia, no distrito da Guarda, está aberta à participação de todos os voluntários que pretendam colaborar.

Os interessados podem inscrever-se no ‘site’ do município de Seia (em www.cm-seia.pt).

Aos participantes, a organização aconselha o uso de botas, agasalho, impermeável e luvas de trabalho, e que se façam acompanhar de um pequeno lanche e água.

A participação na iniciativa inclui seguro, mas o transporte será da responsabilidade de cada um.

O ponto de encontro está marcado para as 09:30 do dia 16 de fevereiro, um domingo, junto ao Coreto, na Senhora do Desterro.

Foto: observador.pt

Comments are closed.