Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital eleito líder da Região de Coimbra

02.05.2019 |

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, foi eleito hoje, por unanimidade, líder da Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra, sucedendo a João Ataíde, disse à agência Lusa fonte daquela entidade.

José Carlos Alexandrino, que cumpre o terceiro mandato consecutivo à frente da Câmara de Oliveira do Hopsital, eleito pelo PS, era o primeiro vice-presidente do Conselho Intermunicipal Região de Coimbra, vinha desempenhando interinamente as funções de presidente deste órgão, desde que João Ataíde das Neves abandonou o cargo para integrar o Governo.

No âmbito da sua nomeação como secretário de Estado do Ambiente, em 11 de abril deste ano, João Ataíde também renunciou à presidência da Câmara Municipal da Figueira da Foz, para a qual tinha sido eleito, nas listas do PS, em 2009, 2013 e 2017.

Na sequência da saída de João Ataíde da Câmara da Figueira da Foz, o município passou a ser liderado por Carlos Monteiro, do qual era vice-presidente.

Carlos Monteiro foi hoje eleito, igualmente por unanimidade, segundo vice-presidente da CIM da Região de Coimbra, enquanto José Brito Dias passa a ser primeiro vice-presidente (vaga que era ocupada por José Carlos Alexandrino), ainda de acordo com fonte do gabinete de comunicação da Comunidade.

O social-democrata José Brito Dias, presidente da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, que era segundo vice-presidente, passa a primeiro vice-presidente da CIM, cargo para o qual foi eleito, também por unanimidade, pelo Conselho Intermunicipal (que é constituído pelos presidentes dos 19 municípios que integram a Comunidade), durante a sua reunião extraordinária de hoje.

Constituída em setembro de 2013, a CIM Região de Coimbra é formada pelos 17 municípios do distrito de Coimbra (Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares) e pelos concelhos da Mealhada (Aveiro) e de Mortágua (Viseu).

Foto: noticiasdecoimbra.pt