Região Viseu Dão Lafões inicia migração para televisão digital

08.09.2020 |

A migração dos emissores para a televisão digital terrestre (TDT) na região de Viseu e Dão Lafões inicia-se na próxima quinta-feira e até 06 de outubro o processo deverá estar concluído nos oito emissores, assumiu a Anacom.

“O nosso objetivo é que ninguém fique sem televisão, porque é um direito que todos têm. E para os que não estiverem tão aptos a conseguir sintonizar temos um número de telefone gratuito (800 102 002) para dar todo o apoio e, em última instância, enviar técnicos a casa em dia agendado, para evitar fraudes”, adiantou o vice-presidente da Anacom.

João Miguel Coelho explicava aos jornalistas, na sede da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, que “o maior impacto deverá sentir-se a partir do dia 23, uma vez que é o emissor que chega à maior parte desta população”.

Em causa estão oito emissores que se situam no canal 56: Caramulo (10 de setembro passa para o canal 44); Viseu Sul (23 de setembro, passa a 36); Viseu Centro (24 de setembro, passa a 36); Sátão (25 de setembro, passa a 36); Arouca (30 de setembro, passa a 36); Vouzela (01 de outubro, passa a 36); Mangualde (02 de outubro, passa a 36) e Surrinha (06 de outubro, passa a 41).

A Anacom avisa ainda que “a população que possui as antenas orientadas para o emissor da Lousã, que emite o canal 46, não será afetada por este processo, pois este emissor não irá alterar a sua frequência de emissão”.

A migração começará entre as 09:00 e as 10:00 e, explicou o responsável, quatro a seis horas depois, “quando a migração estiver concluída, pode acontecer que o ecrã fique todo preto e é nessa hora que é preciso” voltar a sintonizar.

O processo a nível nacional começou em fevereiro e está previsto terminar e, 18 de dezembro. Começou de sul para norte e segue para as ilhas e, explicou o responsável, esta sintonia “é importante para que possa avançar a quinta geração (5G) móvel”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.