Tondela: Cinco anos de prisão com pena suspensa para presidente de associação

25.09.2023 |

O Tribunal de Viseu decretou hoje cinco anos de prisão com pena suspensa por igual período para o presidente da Associação Cultural, Recreativa e Humanitária de Vila Nova da Rainha, concelho de Tondela, Jorge Dias.

Um incêndio ocorrido em 13 janeiro de 2018, naquela associação cultural do concelho de Tondela, causou a morte a 11 pessoas, durante um torneio de sueca.

Jorge Dias foi condenado hoje a uma pena em cúmulo jurídico de cinco anos, mas, tendo em conta vários fatores, como a ausência de antecedentes criminais, o Tribunal de Viseu decretou a suspensão da pena por igual período.

Nesse dia de janeiro de 2018, o balanço do incêndio foi de oito mortos e 38 feridos, entre ligeiros e graves, mas o número de mortos aumentou para 11 nos dias seguintes.

Jorge Dias, único arguido neste processo, cujo julgamento se iniciou em junho de 2022, estava acusado por 11 crimes de homicídio por negligência e um crime de ofensa à integridade física negligente grave.

Na noite de 13 de janeiro de 2018, pelo menos 60 pessoas participavam no torneio de sueca no piso superior do edifício, enquanto, no piso de baixo, estavam mais 15 pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.