Tondela: Exposição The Colour of Motorsport mostra trabalho de Ricardo Santos no Caramulo

31.03.2022 |

Uma retrospetiva do trabalho feito nos últimos 20 anos pelo designer gráfico e artista Ricardo Santos vai ser mostrada, a partir de sexta-feira, no Museu do Caramulo, no âmbito da exposição temporária The Colour of Motorsport.

Esta exposição, que é a primeira a abrir desde o início da pandemia de Covid-19, conta com 70 peças, “uma das quais feita propositadamente para a mostra, e ainda com dois automóveis”, nomeadamente “o icónico Lancia 037, de 1982, e o Reynard 903, de 1990, de Michael Schumacher”.

Desta forma, o museu considera que se cria “uma ligação entre as obras de arte e a competição automóvel nas vertentes de fórmula 1 e rali”.

O Museu do Caramulo lembra que, desde muito cedo, Ricardo Santos se entusiasmou “pelo automóvel e pelas suas formas”, tendo aprofundado esta paixão “em desenhos esquissados nos cadernos da escola usando a ferramenta disponível do momento, uma fiel Bic”.

“Esta paixão foi crescendo, quer fosse pelas passagens dos brutais automóveis de grupo B no Rally de Portugal, ou pelas revistas automóveis que lia avidamente em casa, na sua Parede de sempre. Um amor que lhe trouxe a ambição de ser um dia designer, fosse automóvel ou gráfico”, acrescenta.

Para os responsáveis do museu, ao falar do trabalho de Ricardo Santos “é difícil separar o designer gráfico do artista”.

“Em cada linha encontramos uma inspiração na história do design gráfico. Seja na simplicidade dos seus desenhos que lembram estilos incontornáveis como o minimalismo cromático da Plakatstil ou as experimentações gráficas da Bauhaus”, sublinha.

A sua escolha pelos carros mostra, no entender no Museu do Caramulo, “uma tendência eclética centrada não numa temática específica, mas no seu amor pelo desporto motorizado”, que “toma forma na frase definitiva The Colour of Motorsport e que define o teor desta exposição”.

O Museu avança que “Ricardo Santos explora a história do desporto automóvel trazendo-lhe uma roupagem nova, graficamente estimulante, carregada de uma velocidade impetuosa” capaz de impressionar ao primeiro olhar.

“É esta fusão de paixão com talento que catapultou este designer português para o palco internacional, culminando em colaborações com as grandes marcas, provas e publicações automóveis do mundo, tais como a Pagani, a Red Bull F1, a Racer ou Top Gear”, acrescenta.

A exposição ficará patente até 03 de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.