Treinador do Tondela quer criar dificuldades ao Sporting e fazer golo em casa

08.04.2022 |

O treinador do Tondela, Nuno Campos, disse hoje que quer “criar dificuldades” ao Sporting, num jogo da 29.ª jornada da I Liga de futebol, e “conquistar três pontos” em casa, frente a uma equipa “muito forte”.

“Há uma melhoria natural, gradual, para ser construída a equipa em termos coletivos e quero que essa melhoria apareça de jogo para jogo. Temos de estar ao mais alto nível neste jogo, porque é de dificuldade máxima, para o conseguir disputar ao ponto de ganhar os três pontos”, admitiu Nuno Campos.

Na conferência de imprensa de antevisão à receção ao Sporting, este sábado, pelas 20:30, o treinador ‘auriverde’ reconheceu que o adversário “é muito forte, é o campeão nacional” e não torna “nada os jogos fáceis” seja quem for o adversário.

“O ponto onde o Sporting é mais forte talvez seja no ataque à profundidade, mas é uma equipa, à semelhança das equipas ‘grandes’, que, quando a outra equipa tem a bola e consegue ter a bola, também vai ter de passar por alguns momentos de dificuldade”, considerou.

Neste sentido, o técnico disse que se o Tondela ficar “remetido à defesa” e a “esperar que a bola não entre”, os jogadores vão ter “muito mais dificuldade em defender uma equipa grande como o Sporting, uma equipa poderosa”.

“E, então, queremos também criar dificuldades ao Sporting de forma a também termos os nossos momentos para fazer o golo”, reconheceu Nuno Campos, notando que as suas equipas, “por norma, defendem mais alto, longe da área, porque é sinal que estão a defender melhor”.

O treinador quer o Tondela a “demonstrar claramente” que quer ganhar ao Sporting, da mesma forma que quer “ganhar um jogo contra qualquer outra equipa”, e essa “é uma mentalidade que tem de crescer” no grupo de trabalho.

“Tem de ser sempre da mesma forma, quer seja em casa, quer seja fora, quer seja com o Sporting, quer seja com outra equipa qualquer. Mentalmente, temos de entrar em campo para ganhar o jogo, seja contra quem for. As nossas ideias de jogo, o que trabalhamos como equipa, tem de estar presente e aí estamos mais próximos de disputar os jogos contra os adversários”, assumiu.

O técnico principal da equipa beirã defendeu ainda que “é mais importante agir do que reagir” e, por isso, “é mais importante” o Tondela estar preparado para aquilo que espera por parte do Sporting, do que “propriamente depois reagir” numa situação provocada pelo adversário.

“Sabemos bem onde é que são os pontos fortes do Sporting e os menos fortes, porque são fortes na mesma os que o Sporting tem. Vamos tentar atacar melhor os pontos que não têm tão fortes e vamos tentar defender bem os pontos fortes”, resumiu.

Nuno Campos disse ainda que “é com carinho especial” que encara o facto de os “100 jogos do Rúben [Amorim], que tem uma carreira, que só está no início, mas que já fala por si só”, se assinalarem em casa do Tondela. “É emblemático ser aqui, no nosso estádio”, sublinhou.

O Tondela, que soma 25 pontos e ocupa a 16.ª posição, lugar do ‘play-off’ para a manutenção na I Liga, enfrenta amanhã, pelas 20:30, o Sporting, que contabiliza 70 e ocupa o segundo lugar, num jogo da 29.ª jornada da I Liga, arbitrado por Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

A partida pode ser acompanhada em direto pela Emissora das Beiras, com relato de António Pratas e comentários de Bruno Maneira, em 91.2FM e em www.emissoradasbeiras.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.