Viseu: Autarquia prepara Natal com aposta na iluminação e na descentralização da animação

29.11.2021 |

A iluminação, a animação de rua que não permita a fixação de pessoas e o mercado de Natal distribuído por várias artérias são algumas das apostas da Câmara de Viseu para esta época, anunciaram hoje os responsáveis.

“A magia está aqui” é o slogan escolhido pela autarquia, porque “o Natal continua a ser uma época mágica e uma altura em que todos pretendem o encontro, estimular certos valores e, sobretudo, solidariedade”, justificou a vereadora da Cultura.

Leonor Barata disse que o Rossio conta com “o tradicional mercado de Natal, que vai também ser alargado a outras zonas, com o objetivo de fazer circular as pessoas pelo centro histórico da cidade”.

“Este ano, apostámos na descentralização das atividades, até por uma questão de segurança e de saúde pública. E o que pretendemos fazer é animar os diversos espaços municipais, como os museus e a biblioteca, com diversas atividades dirigidas a um público mais jovem e familiar”, disse.

Para atrair as pessoas ao comércio local, Leonor Barata disse que haverá “animação que não obrigue à fixação de pessoas e que as atraia para as diversas ruas comerciais”, o que será “uma ótima oportunidade para ajudar os pequenos comerciantes”.

A programação conta, novamente, com a parceria da Associação Comercial do Distrito de Viseu (ACDV) e da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP).

A iluminação será ligada no dia 01 de dezembro, quarta-feira, e estende-se por “várias artérias da cidade, alguns largos, igrejas e também nas freguesias do concelho”, e há uma “aposta em bolas, anjos e estrelas que representam o milagre e a magia da época”.

A rota dos presépios pelas freguesias mantém-se e vai ser “promovido um novo concurso”, assim como se mantém a iniciativa solidária, a corrida de Natal, cuja receita “é a favor das crianças e jovens do concelho em situação mais desfavorecida”.

O Museu Almeida Moreira receberá uma exposição “dedicada aos presépios e às suas diversas representações”.

Os concertos agendados para os dias 18 e 19, “nomeadamente o encontro de coros, será em ‘streaming’, devido às novas contingências por causa da pandemia”, e o concerto de Ano Novo, no dia 2 de janeiro de 2022, no Teatro Viriato, “está dependente do evoluir da situação”.

O presidente da Câmara, Fernando Ruas, presente na apresentação, admitiu que “poderão ser feitos reajustes”, tendo em conta as normas nacionais da Saúde.

Fernando Ruas reforçou também hoje que “o orçamento deste ano representa uma poupança significativa”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.