Viseu: Concerto solidário e animação de rua marcam a semana da Páscoa

06.04.2022 |

Um concerto solidário da Orquestra Filarmonia das Beiras para ajudar o povo ucraniano, animação de rua, teatro, a “amentação das almas” e celebrações religiosas são alguns destaques para a Páscoa em Viseu, anunciou a Câmara.

“Em termos culturais, temos uma agenda extensa, com a Orquestra Filarmonia das Beiras, que volta a Viseu após dois anos longos anos de pandemia, no dia 14, no Teatro Viriato, e vem com um programa chamado ‘As sete últimas palavras de Cristo na cruz’, de Joseph Haydn”, anunciou a vereadora da Cultura e do Turismo.

Leonor Barata disse que “este espetáculo, à semelhança do ‘Refúgio’, que também aconteceu no Teatro Viriato, serve para apoiar os refugiados, para que Viseu possa responder de forma imediata e clara à emergência humanitária na consequência da invasão russa à Ucrânia”.

Em conferência de imprensa para apresentar o programa da semana pascal, a vereadora disse que “há uma série de celebrações, muitas delas de cariz religioso, como a Bênção dos Ramos, diferentes Eucaristias, profissões, ofícios de leituras e laudes, vias-sacras e vigílias pascais”.

“Vamos ter também o sexto encontro da ‘Amentação das Almas de Viseu’, no dia 11, no Largo Pintor Gata, numa coorganização do município de Viseu com a Casa do Povo de Abraveses.

Para esta responsável, é “um ato muitíssimo importante, este ritual de pedir o eterno repouso das almas, porque é um momento de comunhão na comunidade” e que, este ano, “também conta com a participação de instituições de São Pedro do Sul e de Idanha-a-Nova (Castelo Branco)”.

Gabriel Carlos, um fadista viseense que “vai comemorar 50 anos de carreira, apresenta o seu álbum “A Raiz do meu fado””, no dia 13 e, no dia 16, há um concerto do Coro Mozart XVI, que já é um clássico, e que apresenta ‘Meta-Morfoses’”.

“Também no sábado, dia 16, vamos ter a Orquestra Zabadum a animar o centro da cidade, um grupo muito divertido e, para os mais jovens, no dia 08, voltamos a receber o Festival Termómetro, um festival de bandas emergentes, apresentado por Fernando Alvim, no Carmo 81, a partir das 21:30”, anunciou.

A Companhia de Teatro do Montemuro vai andar por freguesias do concelho de Viseu a apresentar “o espetáculo ‘Germinação’ e, apesar da entrada gratuita, é obrigatória a marcação prévia por causa da limitação dos espaços”, em Santos Êvos, Coutos de Viseu, São Cipriano, Vil de Souto e Mundão.

O Jazz Joaquim Rodrigues vai marcar presença, no dia 12, no palco do Teatro Municipal Viriato, a partir das 21:30, com Claudia Solal, na voz, Joaquim Rodrigues, nos teclados, e Mário Costa, na bateria.

“Todos os nossos museus municipais vão estar com diversa atividade durante a semana para os miúdos que estão de férias, assim como a biblioteca municipal, onde haverá contos e oficinas de leitura”, sublinhou.

Entre a atividade nos museus e na biblioteca estão “oficinas criativas e sustentáveis, como a criação de porta-lápis com material reciclado”, e percursos sensoriais que levam a “roteiros pelo património e história da cidade”, como outros “mais ambientais na Quinta da Cruz”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.