Viseu: Município investe na melhoria de condições das habitações do Bairro da Balsa

22.06.2021 |

Já terminaram as obras de melhoria da eficiência energética nos edifícios dos blocos A, B e C do Bairro da Balsa, em Viseu. A empreitada, levada a cabo pela Habisolvis – Empresa Municipal de Habitação Social de Viseu, representa um investimento de quase 600 mil euros, com o objetivo de melhorar as condições de vida dos habitantes do Bairro da Balsa.

Segundo a autarquia viseense, os trabalhos abrangeram três grandes áreas: a envolvente opaca (paredes exteriores), através do fornecimento e aplicação de sistema de isolamento térmico pelo exterior (sistema ETICS), bem como a pintura exterior dos edifícios; a envolvente envidraçada, com fornecimento e aplicação de nova caixilharia em PVC com melhor desempenho térmico; e os sistemas de iluminação, através da substituição das luminárias existentes nas partes comuns dos edifícios por luminárias LED.

“Continuamos a melhorar as condições habitacionais do nosso edificado, a promover a coesão territorial e a garantir um concelho cada vez mais inclusivo, onde todos, sem exceção, tenham orgulho em viver”, afirmou Conceição Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Viseu. A autarca aproveitou a ocasião para salientar a importância da Estratégia de Habitação Local (ELH) de Viseu, apresentada no início deste ano, e que que irá beneficiar 916 viseenses em processos de reabilitação, construção ou aquisição de habitação.

Das 352 situações identificadas, 268 serão “beneficiários diretos” do programa “1º Direito” e poderão obter diretamente financiamento, num investimento estimado de €11.490.000. Nas restantes 84 situações, será o Município a entidade promotora da solução habitacional, no seguimento do acordo celebrado com o IHRU, ao abrigo do “1º Direito”, num investimento estimado de €4.720.000.

Conceição Azevedo lembrou ainda o investimento realizado pelo Município ao abrigo do programa “Eu gosto do meu bairro”, nomeadamente nos Bairros da Barrosa, Urbanização Quinta D’El Rei, Bairro da Misericórdia, apoio à CHEVIS e primeira fase das Mesuras, num valor de cerca de 900.000€. Encontram-se ainda em curso a 2ª. fase das Mesuras, Quinta de S. José, Urbanização Viso Sul e Bairro de Santa Rita, no valor de 2,5 milhões de euros. “Não posso deixar ainda de referir a reabilitação do Bairro da Cadeia, uma joia da coroa classificado como património municipal, construído nos anos 50 e aprovado no PEDU, que representa um investimento de 6,3 milhões de euros”, continua.

A ELH de Viseu, durante o seu período de vigência, representará um investimento de aproximadamente 30 milhões de Euros, com o objetivo de dar resposta a situações de precariedade habitacional. “É assim que estamos empenhados em concluir a estratégia do Viseu Primeiro e é assim que vemos o desenvolvimento do concelho”, concluiu Conceição Azevedo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.